Microestacas

As microestacas são muito parecidas com as estacas-raiz. A perfuração para execução destas estacas são realizadas nos mesmos procedimentos.

Estas se diferem na execução da injeção, que é realizada no método de injeção de tirantes, ou seja, possibilitando múltiplas fases de injeção, e é utilizada a calda de cimento, não a argamassa como na estaca-raiz. Além da armação que é tubular e, eventualmente, barras complementares.

Também se destacam pela ausência de vibrações e de descompressão do terreno, no processo de perfuração, como as estacas do tipo raiz.

Estas estacas usualmente se limitam a diâmetros entre 100 a 150 mm.

Aplicações

As mesmas que as das estacas-raiz.

  • Fundações em locais de difícil acesso (interior de edificações, torres de linhas de transmissão, máquinas, abóbadas de túneis);
  • Fundações de terrenos com grande densidade de matacões (blocos de rocha);
  • Reforço de fundações;
  • Estabilização de encostas;
  • Paredes de contenção;
  • Fundações de pilares junto a divisas (redução de excentricidade).